Como cuidar de um peixe Betta



O Betta é um peixinho muito popular e o primeiro bichinho de estimação de muitas crianças. Ele encanta pelas cores, movimento e também por sua personalidade. Poucos teriam coragem de encarar uma briga com ele, pois o Betta é um peixe extremamente territorialista e agressivo com outros da mesma espécie. 


Mas esse peixinho acaba pagando um preço muito alto pelo seu temperamento, a solidão. Um destino um pouco injusto, já que ele que pode conviver muito bem com outros peixes de espécies diferentes. Sim, o Betta pode ter companhia e também gosta de espaço, sabia?


As populares betteiras deveriam ser, na verdade, um habitat temporário, já que o peixinho fica confinado. Em um espaço como esse, é muito difícil criar condições que ofereçam mais bem estar ao Betta. Eles possuem pouquíssima área para se movimentar ou mesmo para conviver com outras espécies. E quem já teve um Betta em um aquário um pouco maior sabe como esse peixinho pode ser ativo e aproveitar toda a extensão do aquário para nadar. 




 Mas meu Betta sempre viveu assim, e agora?


Sempre é tempo de mudar e melhorar a qualidade de vida do seu peixinho Betta. Lembre-se, as betteiras são moradias temporárias. Mesmo se você dispor de pouco espaço em casa, é possível oferecer um habitat melhor para seu peixe.  Um aquário pequeno, com 30cmx15cmx20cm (que contém cerca de 9 litros de água), por exemplo, já oferecerá muito mais conforto para seu peixinho.


E ao optar por essa nova moradia, você também terá a chance de melhorar a qualidade da água, instalando um pequeno filtro e, por que não, também uma luminária?  


O filtro ajudará você na limpeza do aquário, dispensando a necessidade de troca diária de água e eliminando também os odores da água parada.  Você precisará fazer a TPA (Troca Parcial de Água) apenas 1 vez por semana (algo em torno de ¼ da água do aquário o que, no tamanho sugerido, corresponde a mais ou menos 2 litros). 


Com o uso do filtro, nunca será necessário que você desmonte todo o aquário para limpá-lo, porque esse equipamento estará lá justamente para isso, filtrar as impurezas da água.


Por isso, a limpeza dos vidros também poderá ser feita com o aquário cheio.  Basta usar uma esponja não abrasiva (para que o vidro não seja arranhado). Apenas molhe a esponja na água do aquário e a friccione contra o vidro. Não é necessário adicionar nenhum produto de limpeza, pois isso contaminaria a água com agentes químicos prejudiciais ao peixinho. Também não é necessário retirar o Betta do aquário para fazer a limpeza. Apenas tome cuidado com o peixinho ao movimentar a esponja no interior do aquário.  


Já com o uso da luminária, você poderá oferecer ao seu Betta transições de luz e sombra mais próximas do habitat natural.  Além disso, com o uso da iluminação e de um substrato fértil, você também poderá incluir algumas plantinhas naturais (plantinhas flutuantes são interessantes, já que esses peixinhos vivem na natureza em áreas pantanosas).  


Mas não se preocupe caso você não deseje ter plantas naturais. Ornamente o aquário com outros enfeites, como plantas de plástico e rochas. Os peixes gostam de áreas de refúgio de vez em quando e os adornos artificiais são uma boa alternativa.


Mas é só isso?


Sim, com um aquário um pouco maior, filtragem e iluminação a expectativa de vida do seu peixinho aumentará e muito. Isso significa que seu pet permanecerá com você e sua família por muito mais tempo.


E já que você chegou até aqui, que tal ir um pouquinho além?  Sempre podemos melhorar a qualidade da água de nossos peixinhos.  


Que tal comprar também um termômetro para aquário e um termostato?  O termômetro para aquário é flutuante, basta colocá-lo no aquário de forma permanente. Assim, você sempre saberá qual a temperatura da água. O seu peixinho Betta apreciará uma temperatura entre 24º C e 27º C. E, em épocas mais frias do ano, você poderá esquentar a água com a ajuda do termostato.


Todos os equipamentos são muito fáceis de serem instalados e um aquário nas dimensões sugeridas pode ser facilmente acomodado em cima de um móvel em sua casa, como uma cômoda ou rack.



Retire o Cloro da água


É importante também que você saiba que a água do abastecimento público (a que sai da torneira da sua casa e será utilizada em seu aquário) possui cloro em concentrações que são prejudiciais aos peixes. O cloro é a causa da morte prematura de muitos peixinhos Betta.


Por isso, sempre desclorifique a água que será usada antes de adicioná-la ao aquário (separe um balde apenas para essa finalidade, pois ele não pode ser contaminado com produtos químicos de limpeza).


A desclorificação é feita com o uso de dois produtos muito baratos e fáceis de serem aplicados: o Teste de Cloro e o Condicionador Anti-Cloro. Existem várias marcas de qualidade no mercado. Basta seguir as instruções dos fabricantes sempre que for realizar a Troca Parcial de Água (TPA) do aquário e seu peixinho estará seguro.


E, por último, não se descuide da alimentação. Aquela cultura de alimentar os bettas com farelos de pão ficou no passado, certo? Alimente sempre seu peixe com ração. Os fabricantes levam em consideração os hábitos alimentares dos peixinhos ao escolherem os ingredientes das receitas. O Betta é um peixinho onívoro. Você pode oferecer a ele uma dieta variada, alternando tipos e marcas de ração, ampliando assim a diversidade de nutrientes ofertados.


E outra dica: ao comprar um peixe Betta, escolha lojas que tratem os animais com respeito. Você pode verificar isso observando a limpeza dos aquários e a aparência dos peixes (se estão magros demais, machucados ou parecem doentes).  Pergunte também, na hora da compra, se o peixe foi vermifugado, pois os peixinhos de aquário também podem ficar doentes e precisam de tratamento, como qualquer outro animal de estimação.

 

Inspire-se!


Veja aqui exemplos de peixes betta em aquários maiores e melhor ambientados para o conforto do peixinho. 





Como cuidar de um peixe Betta Como cuidar de um peixe Betta Reviewed by Kauar on julho 02, 2020 Rating: 5

Nenhum comentário